Como lucrar na internet escrevendo e vendendo um e-book

Share:
Como lucrar na internet

O mercado de infoprodutos é um dos mais lucrativos ramos para se trabalhar na internet atualmente, e dentro dele muitos empreendedores têm trilhado um caminho bastante interessante e lucrativo: vender um e-book.

Ao criar um e-book de sucesso você consegue criar uma fonte de renda residual, com recorrência e escala. Ou seja, você gera uma fonte de renda passiva, onde – mesmo depois de terminar o trabalho – ele continua rendendo frutos para você a médio e longo prazo.

Isso te interessa, não é mesmo? Então, pensando em te deixar por dentro do assunto, nós resolvemos criar este artigo explicando como lucrar na internet com um e-book.

Mas, antes vamos te indicar dois caminhos:

Primeiro: Torne-se um aluno do Comece seu Negócio e aprenda tudo sobre renda extra com quem já lucrou mais de 1 milhão de reais com blogs e programas de afiliados. Clique aqui e saiba mais!

Segundo: Assista uma aula gratuita exclusiva para você aprender as manhas da venda de e-books. Abaixo segue o vídeo para você aprender!

Por que criar e vender um e-book?

O e-book, ou livro digital, tem sido responsável por uma onda de novos empreendedores de resultados no setor de internet marketing. E isso acontece por alguns motivos que são bastante específicos desta mídia.

O e-book, ao contrário dos cursos online, quase não precisam de suporte. Quer dizer, na maioria dos casos se vende um e-book e nunca mais o aluno vai precisar tirar dúvidas com o produtor. É como o livro físico, impresso, que você compra, lê e depois não procura o autor.

Isso faz com que o investimento final do mesmo seja bastante barateado. E esse é justamente o segundo ponto positivo do e-book: o baixo investimento. Como veremos nas linhas abaixo, se você tiver um pouco de conhecimento e as ferramentas certas é possível criar um livro digital incrível.

Tudo isso faz com que esse formato de infoproduto se torne extremamente lucrativo, com margens de lucros exorbitantes e, ainda, pode ser escalável. Poucas coisas são tão relevantes dentro do assunto como ganhar dinheiro na internet hoje. 

Ferramentas para você criar seu e-book e descobrir realmente como lucrar na internet

Existem algumas ferramentas necessárias para se criar um e-book e a vantagem é que você pode aprender a usá-las de maneira gratuita com os diversos tutoriais que existem no YouTube e outros blogs por aí.

Isso significa que se você quiser fazer tudo sozinho, você vai conseguir. Essa é uma ótima vantagem para quem está começando e não dispõe de muitos recursos financeiros. Aliás, pegue essa sacada:

#1. Microsoft Office Word
Esta ferramenta é necessária para se criar o conteúdo em texto do e-book e, também possui a opção de criar todo o e-book por meio dela. Ela tem versão paga, mas existe uma opção de usá-la gratuitamente.

Sem contar que, na maioria dos computadores, ela já vem instalada e ativada (sem limite de teste) de fábrica. Portanto, se você usa o Windows é bem provável que você já tenha ela instalada em PC.

#2. Photoshop ou Corel Draw
Tanto o Photoshop quanto o Corel Draw são ferramentas pagas (com versões de testes gratuitas). Elas são necessárias para você criar a capa, bem como editar a imagem e identidade visual do seu e-book.

A princípio elas podem ser um pouco complicadas de serem utilizadas, mas dedicando-se uma semana ou menos de estudo, é possível conhecer o básico apenas para criar o seu infoproduto. Você também pode contratar os serviços de capa e designer de um freelancer. Essa é a opção mais rápida caso você não tenha tanto tempo e queria cortar caminho.

Site, blog e plataforma de vendas
O site ou blog é a plataforma através da qual você irá distribuir o seu e-book para o público que comprar. Também existe a opção de colocar seu e-book a venda em plataformas de afiliados, como a Hotmart, Monetizze e Eduzz (super recomendadas). Elas cobram uma pequena taxa de cada venda, mas em compensação você terá milhares de afiliados vendendo o seu produto por você (em troca de comissões que você mesmo estipula).

No caso de criar um blog ou site somente para venda ou então para servir de portal de vendas (levando o cliente para outra plataforma), o mais indicado é o uso do WordPress, que é bastante intuitivo de se utilizar.

Pois bem, agora que você já sabe tudo que vai precisar para criar o seu e-book, é hora de – efetivamente – colocar a mão na massa:

O conteúdo de um e-book de sucesso
como-vender-um-e-book-2

Ao contrário do que muita gente pensa, um conteúdo digital precisa sim ter muita qualidade. Afinal de contas, somente assim é possível garantir que as vendas sejam satisfatórias. Você não quer gente falando mal de seu e-book depois, não é? Então pense em qualidade.

A primeira dica quanto a criação de conteúdo para um e-book é organizar bem as suas ideias. Ou seja, definir sobre o que e quando irá falar ao longo do seu livro. Para organizar as ideias também existem algumas ferramentas que ajudam a tornar a coisa um pouco mais visual e fácil de se compreender.

A minha indicação é o Xmind, um programa da Apple (que pode ser utilizado no Windows, também) completamente gratuito. Com este programa, você pode criar e compartilhar mapas mentais. Quer dizer, aqueles organogramas com o caminho que deve seguir até chegar no resultado final.

Desta maneira, basta ir pontuando os capítulos do seu livro e tudo que irá falar dentro dele. Uma vez que este mapa mental estiver criado, não tem jeito: Você precisa criar o conteúdo propriamente dito.

Este processo é o mais demorado e difícil para a maioria das pessoas. Afinal de contas, exige tempo, dedicação e muita pesquisa. Em geral, o processo de criação do conteúdo vai consumir 50% do seu tempo e dinheiro investido na criação do e-book.

É claro que você pode optar por contratar um redator freelancer ou uma agência de marketing para criar o conteúdo para você. Vai ficar mais caro? Vai. Entretanto, se você não tem o dom da criação de conteúdo textual pode ser a solução para melhorar a qualidade e o tempo de entrega do seu e-book.

Essa é uma dica de como lucrar na internet que você não pode ignorar de forma alguma.

Nenhum comentário